Data Center Tier III da HostDime está entre os melhores da América Latina

Com um investimento de R$ 50 milhões, a HostDime inaugurou, em 2017, um data center Tier III no Nordeste. Instalado em João Pessoa (PB), o novo data center colocou a HostDime entre as finalistas do DCD Latin America em 2017 e 2018; maior premiação de data center da região, que reconhece os melhores projetos de empresas em relação à infraestrutura e eficiência de seus data centers.
 
A 7ª edição da premiação, que contou com a Vertiv como patrocinador principal, reconheceu um total de nove projetos líderes no mercado e um profissional de destaque. Oito vencedores foram escolhidos por um júri independente, formado por mais de 25 especialistas, sendo duas categorias definidas por voto popular. 
 
Concorrendo em duas categorias, "Melhor  Data Center de um Fornecedor de Serviços" e "Provedor de Colocation do Ano na América Latina", a HostDime disputou o prêmio com empresas como Ascenty, Globenet (Colômbia), Sonda (Chile) e Grupo Gtd (Chile).
 
Mesmo não tendo saído com a “estatueta”, a partir de agora a HostDime passa a figurar entre as melhores empresas de data center da América Latina. Fundada em 2001, na Flórida (Estados Unidos), a empresa global é hoje uma referência do mercado no Nordeste do Brasil.
 
"O data center da HostDime em João Pessoa desponta como um porto seguro para as empresas que operam no Nordeste. E aquelas que não são da região, mas que tem operações e clientes no Nordeste, confiam na HostDime para que seus clientes tenham uma velocidade maior pelo fato dos dados estarem mais perto", conta Renan Hannouche, Chief Digital Officer da HostDime, acrescentando que todas aquelas empresas bem consolidadas, com seus data centers dentro de casa sentiram confiança na HostDime para levar sua operação principal ou um disaster recovery, uma contingência  para o data center da HostDime, o que vem dando certo e fez a HostDime entender na prática o novo conceito de Edge Computing.
 
"As vezes vale muito mais apena investir num volume maior de data centers ou ao invés de se construir um data center de 5 mil racks, construir um de 250 e estar em vários locais estratégicos, espalhado por toda a América Latina. Assim, quando a Internet das Coisas se consolidar e o 5G chegar; todos esses devices começarem a se comunicar, a latência vai ser um fator predominante para o sucesso de toda essa transformação e inovação", acrescenta o CDO da HostDime.
 
Confira aqui uma entrevista com o executivo, que fala sobre a participação no DCD Latin America Awards 2018.
 

 


Published 7 December, 2018 by Tatiane



See video


CONECTAR-SE COM DCD

ENTRAR


Esqueci a senha?

Criar conta MyDCD

Você precisa de profissionais qualificados?

regiões

region LATAM y España North America Europe Em Português Middle East Africa Asia Pacific

Whitepapers Ver Todos