TIM, Ericsson e Inatel inauguram laboratório 5G em Santa Rita do Sapucaí

Cidade mineira recebe segundo projeto da operadora que, em parceria com a Ericsson, ativou tecnologia de quinta geração em rede real no Inatel

6 September 2019 escrito por DatacenterDynamics

Uma das líderes em desenvolvimento do 5G no Brasil, a TIM anuncia a inauguração de mais um 5G Living Lab TIM. O projeto é pioneiro e tem como objetivo o desenvolvimento do ecossistema de soluções e experimentação da nova tecnologia em rede real. Em parceria com a Ericsson, a operadora ativou uma rede de quinta geração, operando na frequência de 3,5 GHz, no Instituto Nacional das Telecomunicações (Inatel), em Santa Rita do Sapucaí (MG). Essa é a segunda ativação – em fase de testes - 5G feita pela TIM no país, mediante licença específica da Anatel. A primeira foi em Florianópolis (SC), onde a operadora registrou velocidades superiores a 1Gbps.
 
A TIM optou por habilitar a rede 5G em parceria com instituições de ensino para promover o conhecimento e demonstrar o poder transformador dessa próxima onda tecnológica em um ambiente de troca inovador. "Queremos ser pioneiros e protagonistas nos casos de uso do 5G, incentivando a criação de um ecossistema de soluções que acelere a adoção da tecnologia no país. Estamos engajados na busca de novas aplicações que ajudem a melhorar questões que impactam o dia a dia das empresas e das pessoas, como é o caso da Saúde, Educação e Segurança. Nosso DNA inovador contribuirá para oferecer sempre os melhores serviços para nossos clientes", anuncia Leonardo Capdeville, CTIO da TIM Brasil.
 
Em parceria com a TIM e a Ericsson, o Inatel já desenvolve projetos sobre as tecnologias 4G e NBIot em Santa Rita do Sapucaí. "O pioneirismo das pesquisas do 5G no Brasil é uma das marcas do Inatel. Nossos pesquisadores desenvolvem soluções inéditas para o ecossistema 5G e este projeto agregará muito valor aos nossos programas institucionais. O foco é desenvolver soluções inteligentes para segurança, com aplicações de iluminação, monitoramento por vídeo e rastreamento de veículos, dentro do contexto de Internet das Coisas. As empresas e a instituição pretendem utilizar o 5G para implementar soluções de cidades inteligentes, criando uma rede com cobertura por todo o município, atendendo cerca de 42 mil habitantes. Ainda será possível instalar câmeras de segurança em todos os postes e implantar outras tecnologias, como soluções de identificação facial, estacionamento inteligente, entre outras", afirma Carlos Nazareth, diretor do Inatel.
 
"Pioneira na implementação do 5G em quatro continentes (2/3 das operações comerciais de 5G em funcionamento utilizam tecnologia Ericsson), mantemos um robusto plano de investimentos em pessoas, em infraestrutura e em parcerias com as operadoras, o governo, e com o mundo acadêmico para apoiar o desenvolvimento do Brasil e seu fortalecimento como polo de exportação de altíssima tecnologia por meio desta que é a revolução tecnológica mais importante dos tempos atuais", diz Eduardo Ricotta, presidente da Ericsson para o Cone Sul da América Latina. E acrescenta: "A Ericsson acredita que a tecnologia 5G será o principal fator de transformação econômica, competitividade e ganho de eficiência dos mais diferentes setores da economia na próxima década."
 
 
 
 

CONECTAR-SE COM DCD

ENTRAR


Esqueci a senha?

Criar conta MyDCD

Você precisa de profissionais qualificados?

regiões

region LATAM y España North America Europe Em Português Middle East Africa Asia Pacific

Whitepapers Ver Todos