CommScope e ODATA apostam em Data Center Multi-Tenant na América Latina

Oferta consiste em espaço pronto, de propriedade e operado por terceiros, com infraestrutura completa, que inclui energia, rede de dados e espaço físico

17 June 2019 escrito por Tatiane Aquim

O primeiro semestre de 2019 marcou um acordo estratégico entre a CommScope e a ODATA, empresa brasileira especializada em serviços de Colocation para grandes clientes. Com o acordo, a CommScope amplia seu suporte para Data Center Multi-Tenant (MTDC) na América Latina e Caribe.
 
Um MTDC é um espaço pronto, de propriedade e operado por terceiros, com infraestrutura completa, que inclui energia, rede de dados e espaço físico. Com esse modelo, o cliente não precisa construir, manter ou operar um data center externo. A parceria foi firmada para abordar as atuais mudanças do mercado, no qual cada vez mais empresas adotam o Outsourcing de serviços de data center. 
 
A parceria com a ODATA é a primeira firmada pela norte-americana CommScope na América Latina, "mas temos outros parceiros com este perfil em outros continentes. Este é um processo novo e em pleno desenvolvimento, no site da Commscope nosso localizador de parceiros ajudará a identificar quem são estas empresas e onde estão localizadas", conta o Field Application Engineer da CommScope, Luis Domingues, que com exclusividade fala sobre a parceria. Leia, a entrevista, a seguir.
 
DatacenterDynamics: Por que fechar uma parceria para oferta de Data Center Multi-Tenant com a ODATA?
 
Luis Domingues: A equipe da CommScope do Brasil trabalhou com a equipe da ODATA dando suporte no projeto do primeiro Data Center ODATA em São Paulo, no conceito das melhores soluções e especificações para o DC SP1, neste período criamos um ótimo relacionamento com toda a equipe ODATA, e por isso foi um caminho quase natural no desenvolvimento da parceria, ser um cliente CommScope é um dos elementos no processo de alianças MTDC do programa CommScope, o trabalho em cooperação estreita o processo de parceria que impactará em um bom negócio para ambas as empresas. 
 
DCD: Que resultados a CommScope espera obter com a parceria?
 
L. D.: Ter um parceiro de Data Center MTDC é poder levar a oferta aos clientes corporativos que deixaram de ter o próprio data center e buscam a hospedagem em empresas especializadas no setor. Muitas vezes nossos clientes contratam o data center, mas deixaram de tomar a decisão de como funcionarão seus equipamentos e infraestrutura, diferente de um ambiente de Cloud, onde a empresa contrata os serviços, no Colocation a característica de alocar suas máquinas e infraestrutura é fundamental poder tomar a decisão do que e como colocar sua infraestrutura de TI.
 
Desta forma a CommScope pode ajudar o cliente a tomar esta decisão com a infraestrutura e com a ODATA isso é transparente, o cliente escolhe a solução de infraestrutura e pode usar todos os utilities oferecidos por eles, dando de volta ao cliente o poder de decisão que tinha antes, quando faziam seu próprio data center. Neste modelo obtemos o melhor dos dois mundos, ter sua infraestrutura de TI em um local seguro e escolher o que vai usar e como usar.
 
DCD: Que soluções da CommScope foram usadas no Data Center ODATA?
 
L. D.: Usamos as soluções pré-conectorizadas (MPO) que garantem alto desempenho para atingir grandes velocidades de comunicação e otimização da infraestrutura de instalação comparada com soluções tradicionais de fibra óptica por fusão que demoram mais para instalar, dependem da habilidade dos instaladores e ocupam mais espaço.
 
Este trabalho gerou um bom relacionamento e esta transferência de conhecimento deu a equipe de vendas da ODATA argumentos diferenciados para vender o Colocation ODATA com este nível de infraestrutura.
 
DCD: Como a CommScope avalia o mercado brasileiro de data center?
 
L. D.: O mercado de data center no Brasil está passando por algumas mudanças de perfil, como vem ocorrendo em outros países.
Hoje as empresas procuram cada vez mais hospedar suas informações em grandes data centers, que ofertam serviços como Hosting e Colocation, sejam no atacado ou varejo.
Presenciando assim, a construção de grandes data centers no Brasil para atender essa demanda. E diminuindo o tamanho e quantidades dos data centers entreprise.
 
Mas estimulados por novas tendências do mercado, alguns setores, apesar dos tamanhos reduzidos, estão investindo em seus próprios data centers. É uma característica da CommScope se posicionar como um “Trust Advisor” para seus clientes, sempre acompanhando as tendências para oferecer o melhor à eles.
 
DCD: Qual é a importância do mercado brasileiro para os negócios da CommScope?
 
L. D.: Enxergamos no mercado brasileiro um grande potencial de crescimento tecnológico em diversos mercados, seja privado ou público. Para estar em acordo com as exigências de serem mais eficientes e seguros, as empresas irão investir cada vez mais em tecnologias que irão ajudá-las a atingir ou melhorar esse ponto.
E com o crescimento tecnológico, sempre teremos a necessidade de uma infraestrutura confiável.
Onde entra a CommScope, estamos presente aqui há muito tempo e continuaremos. Fornecendo soluções de qualidade e alto desempenho, mantendo nossos clientes satisfeitos.
 
DCD: Gostaria que falasse um pouco sobre a história da CommScope.
 
L. D.: Há mais de quatro décadas, a CommScope é consistentemente conhecida como uma empresa orientada, dinâmica e dedicada. Nossa ampla equipe de especialistas trabalha para remodelar a forma como nos comunicamos. 
 
Desde da sua origem, sempre atuando no desenvolvimento dos melhores produtos e conceitos de conectividade. E com aquisição das linhas da Systimax e Netconnect, possui aproximadamente 7000 patentes.
Temos orgulho das parcerias duradouras que criamos com nossos clientes, que sabem que podem confiar na CommScope para criar redes eficientes e de qualidade.
 
DCD: Desde quando a empresa atua no Brasil?
 
L. D.: A CommScope está no Brasil desde do início da década de 1990, impulsionando a qualidade e melhores práticas para sistemas de cabeamento estruturado, como outras soluções complementares, em diversos setores no Brasil.
 
A infraestrutura de um data center é muito importante, seu caminho de migração para velocidades cada vez mais altas também deve ser. Por entender isso, desenvolvemos a plataforma de migração de alta velocidade.
 
Projetada usando componentes modulares de alta velocidade, a plataforma de migração de alta velocidade suporta várias gerações de equipamentos, ao mesmo tempo em que mantém uma infraestrutura ágil, escalável e gerenciável. O cliente pode expandir quando e onde precisar sem gastos excessivos ou provisionamento excessivo. E com o Application Assurance da CommScope, ele pode saber que haverá suporte em longo prazo para evolução contínua.
 
A plataforma de migração de alta velocidade é apenas mais uma maneira pela qual a CommScope está ajudando a moldar as redes sempre ativas do data centers. 
 
Com as soluções ópticas pré-conectorizas com característica de ultra baixa perda (ULL) e que vão da fibra multimodo OM5 a fibra monomodo OS2, podemos atender de forma confiável as novas demandas de velocidade (O IEEE já está estudando novas velocidades de 400Gbps e 200Gbps utilizando poucas fibras).
Além das soluções de cabeamento em cobre como a Categoria 6A e Categoria 8.
 

 

CONECTAR-SE COM DCD

ENTRAR


Esqueci a senha?

Criar conta MyDCD

Você precisa de profissionais qualificados?

regiões

region LATAM y España North America Europe Em Português Middle East Africa Asia Pacific

Whitepapers Ver Todos