Landing Station da Angola Cables em Fortaleza recebe certificação Tier III

Certificado atesta a eficiência operacional da infraestrutura e instalações construídas em dezembro de 2018 pela Angola Cables
 

4 February 2019 escrito por DatacenterDynamics

A landing station onde está armazenado o Monet,  um dos cabos submarinos de fibra óptica da Angola Cables, em Fortaleza, acaba de receber a certificação Tier III do Uptime Institute. O certificado reconhece a eficiência operacional da infraestrutura e instalações construídas em dezembro de 2018.
 
A construção landing station (estação de aterrissagem) começou em 2017. Sua infraestrutura foi feita para abrigar o Monet, cabo submarino internacional que conecta Boca Raton, na Flórida, Estados Unidos à Fortaleza e Santos, no Brasil.
 
A construção da instalação surgiu da necessidade de ter uma estação de aterrissagem totalmente funcional, agora certificada. Esta é a primeira vez que uma instalação Tier III foi construída na região para suportar um cabo submarino e sua rede, reduzindo assim pontos de falha e garantindo a disponibilidade constante de tempo de atividade.
 
“Um certificado, como o concedido pelo Uptime Institute à Angola Cables para a estação do cabo submarino Monet, coloca as nossas infraestruturas ao nível de excelência e qualidade de serviço ao cliente que nos deixa muito orgulhosos. Também nos dá garantias de que estamos um passo mais perto de concretizar nossas ambições de construção de data centers que atrairão empresas digitais que buscam as conexões de mais baixa latência. com maior capacidade de transmissão e armazenamento de dados, em um ambiente confiável e altamente estável”, explica António Nunes, CEO da Angola Cables.
 

CONECTAR-SE COM DCD

ENTRAR


Esqueci a senha?

Criar conta MyDCD

Você precisa de profissionais qualificados?

regiões

region LATAM y España North America Europe Em Português Middle East Africa Asia Pacific

Whitepapers Ver Todos