Cruzeiro Esporte Clube vai para a nuvem com a Oracle

Ao levar infraestrutura para a nuvem, clube conseguiu um ambiente robusto, garantindo melhor operação

29 August 2018 escrito por DatacenterDynamics

Confiantes na classificação do Cruzeiro Esporte Clube para a final da Copa do Brasil de 2017 – quando o time acabou sagrando-se campeão, torcedores mineiros logo correram atrás de ingressos para a semifinal em meados do ano passado. Algumas centenas de pessoas formaram uma fila de dobrar o quarteirão na sede do clube, na região central de Belo Horizonte, horas antes da abertura da bilheteria.
 
Com os integrantes do programa de sócio-torcedor não foi diferente, com procura para adquirir ingressos pelo site e aplicativo do clube antes do início das vendas. No entanto, problemas de instabilidade nas plataformas foram registrados e provocaram frustração e ansiedade nos cruzeirenses.
 
Dificuldades para compra de bilhetes por parte dos sócios-torcedores também foram contabilizadas na passagem para a final do campeonato e neste ano na disponibilização de pacotes para os jogos da Libertadores da América. Foi quando os dirigentes do clube decidiram mover a infraestrutura tecnológica para a nuvem.
 
Antes, os servidores estavam em data centers interno e externo. A capacidade era limitada às prioridades do Cruzeiro, além de gerar altos custos de manutenção. Ao levar a infraestrutura totalmente para a nuvem, usando Oracle Cloud, o clube conseguiu um ambiente robusto, seguro e ágil, garantindo uma melhor operação para seus clientes internos e externos.
 
Se antes o clube encontrava dificuldades para vender 200 ingressos por hora, hoje o sistema está dimensionado para processar 750 ingressos por minuto, ou seja, 45 mil por hora, o suficiente para vender todos os assentos do Mineirão em uma hora e meia. O resultado já foi percebido agora em julho, quando a venda de ingressos para os sócios-torcedores para a partida contra o Atlético-PR alcançou o ritmo de 1.500 ingressos por hora. Hoje, cada sócio gasta menos de 20 segundos para adquirir seu ingresso, sem enfrentar lentidões, quedas e problemas de processamento.
 
Satisfeitos com esse resultado inicial, os dirigentes decidiram consolidar a parceria com a Oracle para continuar a transformação do Cruzeiro no clube mais digital do Brasil. O time celeste pretende ganhar agilidade, estabilidade e confiabilidade em todos os serviços ofertados aos torcedores e também aos funcionários. A migração total dos servidores para a Oracle Cloud levou dois meses.
 
Felicidade e paixão não foram os únicos ganhos sentidos pelo clube. Os dirigentes salientam ainda que houve uma redução de custos bastante expressiva, com economia em manutenção, energia elétrica e ar-condicionado, entre outros. Com isso, o clube já está avaliando a adoção de outras soluções da Oracle, como ERP, CRM, atendimento a clientes, chatbot e BI, de forma a trabalhar com uma arquitetura organizada e padronizada. Com a adoção dessas tecnologias o clube pretende reduzir os riscos das decisões estratégicas, beneficiando a criação e gerenciamento de novos projetos.
 

CONECTAR-SE COM DCD

ENTRAR


Esqueci a senha?

Criar conta MyDCD

Você precisa de profissionais qualificados?

regiões

region LATAM y España North America Europe Em Português Middle East Africa Asia Pacific

Whitepapers Ver Todos