Governo do Espírito Santo abre licitação para adquirir ferramenta de Service Desk

Processo é na modalidade pregão eletrônico, tipo menor preço

2 May 2018 escrito por DatacenterDynamics

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) iniciou uma licitação para adquirir licenças de software de Service Desk e serviços técnicos de instalação, migração de dados, suporte e treinamento. O processo licitatório é na modalidade pregão eletrônico – tipo menor preço.
 
Somente podem participar da licitação os que estão cadastrados no Sistema Integrado de Gestão Administrativa (Siga), que pode ser acessado pelo site www.compras.es.gov.br. A abertura das propostas será realizada no próximo dia 11, a partir das 10 horas.
 
De acordo com o edital, a ferramenta de Service Desk deve atender a uma série de requisitos, como ser acessível pela internet; apresentar interface intuitiva e amigável; possibilitar o acesso por dispositivos móveis em versões Android, iOS e Windows Phone; e ser compatível com navegação Web baseada em protocolos seguros, como HTTPS e SSL. 
 
A estimativa é que sejam investidos R$ 79,3 mil na compra das licenças do software e nas atividades de instalação. Segundo o presidente do Prodest, Paulo Henrique Rabelo Coutinho, a autarquia necessita do investimento para organizar melhor o atendimento aos clientes.
 
“À medida que buscarmos as melhores alternativas disponíveis no mercado para aperfeiçoarmos os nossos serviços, maiores são as chances de elevar o nível de satisfação do nosso público-alvo. Pensando nisso, vamos investir em uma ferramenta mais moderna de Service Desk”, enfatizou Coutinho. 
 
Data Center
 
Recentemente, o Prodest contratou serviços de suporte sob demanda, de garantia e renovação dos módulos. O investimento foi de R$ 1,79 milhão e promoveu melhorias na central de dados do Governo do Estado.
 
Com praticamente 100% de disponibilidade das informações governamentais, o data center do Espírtito Santo é considerado uma referência no setor público de TI. Uma das razões para esse reconhecimento é a sala-cofre, certificada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) à prova de fumaça, água, fogo, vandalismo, desmoronamentos e roubos.
 

 

CONECTAR-SE COM DCD

ENTRAR


Esqueci a senha?

Criar conta MyDCD

Você precisa de profissionais qualificados?

regiões

region LATAM y España North America Europe Em Português Middle East Africa Asia Pacific

Whitepapers Ver Todos