TÜV Rheinland: entenda as regras do jogo para conquistar o nível TR para o seu data center

Organização utiliza sistema de classificação em 4 níveis, chamados TÜV Ranking (TR) - TR1 a TR 4 -
 

9 October 2017 escrito por Tatiane Aquim

TÜV Rheinland: entenda as regras do jogo para conquistar o nível TR para o seu data center
Sede da TÜV Rheiland em Colônia, na Alemanha
Usada para mensurar o nível da infraestrutura de um local destinado ao funcionamento de um centro de processamento dados, a Certificação de Infraestrutura de Data Center, criada pela TÜV Rheinland, em 2010, atesta a conformidade da Norma TIA-942 internacional e Normas ABNT NBR brasileiras, quanto ao Projeto, Obra, Instalações, Organização e Sustentabilidade da Gestão da Infraestrutura.
 
Para isso, a TÜV Rheinland utiliza um Ranking de Classificação de Data Center TR, que vai de 1 a 4, com abrangência dos requisitos mencionados na norma TIA-942.
Como organismo de terceira parte independente e neutro, a TÜV Rheinland é acreditada pelos órgãos governamentais Inmetro, Anvisa e Anatel
Segundo João Arnaldo Damião, gerente técnico de certificação de Data Center da TÜV Rheinland Brasil, ao longo dos anos o Processo de Certificação não sofreu alteração, no entanto, alguns requisitos da norma TIA-942 foram aperfeiçoados e até mesmo excluídos, durante as revisões elaboradas pelo órgão TIA (Telecommunications Industry Association) e aprovadas pela ANSI (Approved American National Standard).
 
Sistema de Classificação
 
A TÜV Rheinland utiliza um sistema de classificação em 4 níveis, chamados TÜV Ranking (TR) - TR1 a TR 4 -, que corresponde aos níveis do ranking da TIA 942. Neste contexto, podem ser avaliados e certificados o complexo data center em construção ou em operação.
 
Processo de Avaliação
 
A TÜV Rheinland possui um sistema de certificação para data center baseado na ANSI/TIA 942, com alguns diferenciais importantes: o uso dos conceitos e princípios de disponibilidade e segurança de forma ampla, a aplicação da ISO 27001/27002 e também, alguns requisitos especiais para atender a legislação e a realidade do mercado brasileiro.
 
Os três princípios básicos que norteiam os critérios e requisitos para a Certificação TR são:
 
- Disponibilidade (com ênfase nos sistemas elétricos e de climatização): o objetivo da aplicação desse princípio é reduzir a probabilidade das interrupções causadas por eventos adversos (intencionais ou não intencionais), permitir intervenções programadas rápidas, eficazes e permitir a expansão sem interrupções da operação.
 
- Segurança: objetivando assegurar a integridade ao ambiente, ao usuário, ao patrimônio, às informações vitais e mídias, principalmente quando são propriedade do cliente do data center, utiliza o conceito de Isolabilidade (uso do edifício/áreas dedicadas para as atividades do data center) e do enclausuramento (estanqueidade ou compartimentação dos ambientes, evitando que um afete o contíguo).
 
- Eficiência: no sentido do pleno atendimento aos requisitos de funcionamento, cumprimento à legislação, da obtenção do domínio gerencial, do controle da operação, otimização de espaços e movimentos, e também da eficiência energética.
 
O processo de certificação envolve 4 fases principais, são elas:
 
Fase 1 - Avaliação do Projeto
 
Nesta fase é analisada toda a documentação do empreendimento baseado em 7 disciplinas:
 
- Sistemas de Geração e Distribuição de Energia
- Sistema de Climatização
- Arquitetura
- Rede Lógica, Rede Elétrica e Aterramento
- Sistema de Proteção, Detecção e Combate a Incêndio
- Sistema de Monitoramento, Controle de Acesso e Invasão
- Organização e Sustentabilidade
 
Fase 2 - Avaliação da Obra:
 
Nesta fase é avaliada a obra civil, instalações dos equipamentos e desempenho dos sistemas. Testes de funcionamento normal e nas simulações de situações anormais. Se o empreendimento atende a todos os requisitos, está apto para iniciar as operações.
 
Fase 3 - Avaliação da Operação e Treinamento:
 
Nesta fase, o empreendimento é avaliado em operação para assegurar que as pessoas estão efetivamente treinadas e capacitadas para utilizar os procedimentos estabelecidos, cumprir os planos de manutenção e treinamento, tomar as decisões apropriadas e dar condições para que o data center atinja os objetivos planejados.
 
Fase 4 - Revalidação ou Manutenção da Certificação:
 
Auditorias semestrais são realizadas pela TÜV Rheinland, com o objetivo de verificar se o data center está mantendo as mesmas condições iniciais da certificação, se os planos de manutenção e segurança estão sendo corretamente aplicados e se o data center está operando de acordo com os procedimentos estabelecidos.
 
Durante o período de validade da certificação, todas as alterações no projeto do data center ou em seu funcionamento são analisadas pela TÜV, quanto ao impacto nas condições de disponibilidade, segurança e eficiência e caso necessário, ensaios são realizados para confirmação e continuidade da validade da certificação.
 
Benefícios Centrais 
 
De acordo com a TÜV Rheinland, as vantagens da certificação vão além do atestado de disponibilidade e segurança do data center; demonstram ao mercado o comprometimento da empresa proprietária com a qualidade dos sistemas e da mão de obra que irá operar o data center.
 
A certificação representa também a garantia de conformidade da obra e do projeto; estabelece uma documentação acessível, organizada e confere ao data center uma classificação em quatro níveis TR (TÜV Ranking).
 
De acordo com João Arnaldo Damião, o nível TR 3 é a classificação de data center mais declarada no Brasil, devido aos sistemas redundantes, que propiciam a disponibilidade, segurança e eficiência operacional.
 
O número de empresas brasileiras que têm interesse na certificação tem crescido, no ritmo do crescimento da exigência do mercado pela certificação. “Os clientes de data centers necessitam de toda a garantia de disponibilidade de sua operação dentro dos data centers contratados, em qualquer segmento. Segundo pudemos apurar no mercado, a certificação está sendo introduzida numa mesa de negociação com os clientes de data center, como argumento técnico/comercial por parte dos proprietários de data center, aumentando assim, a competitividade”, afirma o executivo, ressaltando que todos os segmentos de data centers têm interesse na certificação TÜV Rheinland, já que o selo em conformidade com a Norma TIA-942, beneficia a todos os segmentos de data centers. 
 
Entre as empresas certificadas pela TÜV Rheinland no Brasil estão:
 
- Ascenty Data Centers Telecom S/A - Osasco/SP
- Ativas Data Center S/A – Belo Horizonte/MG (Sonda Ativas)
- China Construction Bank – Banco Múltiplo S/A. – São Paulo/SP
- DFF Engenharia e Construtora Ltda. – São Paulo/SP
- Empresa Brasileira de Telecomunicações S/A – Embratel – São Paulo/SP
- Sonda Procwork Informática Ltda. – Santana do Parnaíba/SP
- Voestalpine Group – IT tecnologia da Informação Ltda. – Sumaré/SP
  
História
 
Fundada na Alemanha em 1872, com o objetivo de proteger os trabalhadores de acidentes ocorridos nas instalações de caldeiras a vapor, a empresa desde então tem se especializado em todos os tipos de serviços relacionados com a qualidade, segurança técnica e de proteção do homem e do meio ambiente.
 
A empresa emprega atualmente cerca de 20 mil colaboradores, gera receitas anuais acima de € 1,9 bilhões e está presente em 69 países, onde estão distribuídos mais de 200 laboratórios. 
 
No Brasil, possui mais de onze mil certificados ativos e atende a mais de 1.500 clientes dos mais diversos setores. Acreditada pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), do Ministério das Comunicações, Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTIC) e pela CGCRE/INMETRO, a TÜV Rheinland possui forte atuação junto aos setores de telecomunicações, tecnologia da informação, eletrodomésticos, máquinas, produtos médicos e domésticos; produtos alimentícios, indústria automobilística e de autopeças, entre outros. Seus especialistas também estão aptos a avaliar Sistemas de Gestão, processos de TI e dos negócios de maneira global, de acordo com normas reconhecidas internacionalmente ou com base em critérios de desempenho individual.
 
Na área de infraestrutura, a TÜV Rheinland é uma das empresas líderes em engenharia consultiva e gerenciamento de empreendimentos no país e possui mais de 40 anos de experiência em projetos de grande porte na América Latina, desenvolvendo para os clientes funções-chave de planejamento, programação, controle e supervisão da execução de empreendimentos. 
 
 

CONECTAR-SE COM DCD

ENTRAR


Esqueci a senha?

Criar conta MyDCD

Você precisa de profissionais qualificados?

regiões

region LATAM y España North America Europe Em Português Middle East Africa Asia Pacific

Whitepapers Ver Todos