Mandic abre escritório no Rio e espera fechar 2017 com faturamento acima de R$ 100 milhões

Com soluções voltadas para médias e grandes empresas, a Mandic tem hoje uma carteira de 1000 clientes de diversos segmentos
 

 

13 February 2017 escrito por Tatiane Aquim - Data Center Dynamics

Com mais de 20 anos de mercado, a Mandic foi uma das primeiras no Brasil, a se especializar na nuvem com o e-mail; hoje a companhia figura entre as principais empresas de Computação em Nuvem no país. Esta expertise a colocou em evidência, atraindo importantes parceiros internacionais, como a Riverwood e a Intel Capital, que fizeram aportes financeiros expressivos na empresa, em 2012.
 
Sediada em São Paulo, a Mandic Cloud reinaugurou, na última semana, seu escritório comercial no Rio de Janeiro. O animado coquetel em comemoração, foi realizado nas dependências do Hotel Pestana, em Copacabana, e contou com a presença dos especialistas da Mandic Cloud, clientes, potenciais clientes, parceiros de negócio e profissionais do setor. A expectativa é que a nova filial atenda todo o país.
 
 
"Há muito tempo que a Mandic tem presença no Rio de Janeiro. Ao longo dos anos, fomos  entendendo que o importante é a configuração que temos hoje. São Paulo continuará sendo atendida por nosso escritório na capital paulista, e as outras partes do Brasil serão atendidas por nosso novo escritório no Rio de Janeiro", detalha Maurício Cascão, presidente da Mandic Cloud.
 
Antes no centro do Rio e agora em Botafogo, o novo escritório comercial, oferece fácil acesso para os demais bairros da cidade e conta com 10 profissionais especializados em nuvem, que terão a missão de manter o que a Mandic vem conquistando nos últimos três anos, que é crescimento na receita acima de 30%.
 
Da Esquerda para direita:  Guilherme Wilson – Cio | Wilson Sons; Marcos Antônio Mazarin – IS/IT Director | Nissan; Ansgar Pinkowski – Director Vendor Management Latam Six Segma Lead | MERCK; Elly Resende Silva – Rio 2016; e Maurício Cascão - presidente da Mandic Cloud
 
 
"A Mandic soube aproveitar muito bem a crise em determinadas situações. O cliente que já contratava serviço na nuvem pagava em dólar e com o impacto da alta, este cliente foi buscar outra alternativa. A Mandic entrou como essa alternativa, oferecendo aluguel de equipamento, capacidade de processamento com valores em reais. Então, esse contexto adverso vivido no país nos favoreceu", conta o presidente da Mandic.
 
Amazon Web Services 
 
Visando trazer mais clientes para nuvem, desde o segundo semestre de 2015, a Mandic ampliou a abrangência e passou a ofertar as soluções cloud da Amazon Web Services (AWS).
 
A AWS é uma plataforma de tecnologia com certificações e auditorias reconhecidas pelo setor: PCI DSS Level 1 (Padrão de segurança de dados do Setor de cartões de pagamento), ISO 27001 (Referência Internacional para a gestão da Segurança da informação) e relatórios de auditoria SOC 1 (anteriormente referida como SAS 70 e/ou SSAE 16) e SOC 2. 
 
"Muitas empresas têm aplicações com uma determinada especificidade e por isso, tem que rodar num produto como a AWS. Antes a Mandic não tinha como oferecer uma alternativa para esse cliente. Agora temos em nossa camada de serviço a AWS e passamos a apresentar ao mercado uma solução híbrida, onde uma parte roda na AWS e outra parte roda na nossa nuvem", detalha. 
 
Voltada para médias e grandes empresas, a Mandic tem hoje uma carteira de 1000 clientes de diversos segmentos. "Nossa meta é fechar 2017 com faturamento acima de 100 milhões. Hoje não tem nenhuma empresa brasileira que fature três dígitos com Computação em Nuvem. Essa empresa será a Mandic. Assim que batermos esta meta, não restará dúvida de que somos a maior empresa de Computação em Nuvem corporativa do país", declara.
 
 
 

CONECTAR-SE COM DCD

ENTRAR


Esqueci a senha?

Criar conta MyDCD

Você precisa de profissionais qualificados?

regiões

region LATAM y España North America Europe Em Português Middle East Africa Asia Pacific