Aumento da complexidade e custo de TI estimula demanda por serviços de data center na América Latina

Brasil representa quase 50% do mercado de serviços de data center na América Latina, porém outros países como México, Colômbia, Chile e Peru irão aumentar sua representatividade no total do mercado até 2021
 

17 February 2017 escrito por DatacenterDynamics

Na medida em que o mercado de data center se aproxima da maturidade, usuários estão mais cientes dos benefícios da terceirização de infraestrutura. Em consequência, os players de data center estão expandindo e construindo novos sites, devido a crescente demanda, atraindo investimentos de fundos de private equity.
 
“A necessidade de soluções de tecnologia não é exclusiva dos departamentos de TI”, diz o analista da Industria de Transformação Digital da Frost & Sullivan Maurício Chede. “Áreas como marketing, vendas e finanças estão demandando e adquirindo soluções de TI para suas operações, impulsionando os provedores a serem mais consultivos, apresentando as melhores soluções de tecnologia que se adequam a cada departamento da empresa”.
 
"Data Center Services Market in Latin America, Forecast to 2021" é parte do portal de IT Services & Applications da Frost & Sullivan. A receita desse mercado na América Latina em 2016 foi de $2,87 bilhões e a projeção de receita é de $4,37 bilhões para 2021. Hosting dedicado foi o serviço mais demandado em 2016 com 49,2% de representatividade, seguido por Disaster Recovery com 21,3%, Storage com 19,4% e Colocation com 10,1%. Apesar de serviços de colocation sofrerem com comoditização e baixas margens, existem provedores que focam suas estratégias em oferecer esse serviço, para players de computação em nuvem ou empresas que não possuem infraestrutura local e alugam espaço dentro dos data centers.
 
O Brasil representou 47,6% do mercado total em 2016, seguido por México com 25,8%, Chile 8,5%, Colômbia 7,6%, Argentina 6,7% e Peru com 3,8%.
 
De acordo com o estudo, devido a alta competição e demandas dos clientes, ofertas tradicionais de data center não são mais suficientes. Provedores precisam oferecer serviços de mais alto valor agregado como, por exemplo, ofertas gerenciadas de computação na nuvem para se manterem competitivos, evitando comoditização e prevenindo erosão de preços vindo das ofertas mais tradicionais.
 
Clientes preferem a flexibilidade do pagamento por uso proporcionado pela computação na nuvem. De modo similar, serviços gerenciados vão inaugurar uma era de modelos híbridos que combinam infraestrutura com serviços que consigam se adequar as principais necessidades dos clientes.
 
Para ter acesso complementar à esta análise, clique aqui.
 
 
 

CONECTAR-SE COM DCD

ENTRAR


Esqueci a senha?

Criar conta MyDCD

Você precisa de profissionais qualificados?

regiões

region LATAM y España North America Europe Em Português Middle East Africa Asia Pacific