Engemon inicia obras no Hospital Municipal de Parelheiros

Considerado o melhor projeto na categoria Saúde em 2015, o Hospital foi projetado por diversas empresas especialistas em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde e com a Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras

14 April 2016 escrito por DatacenterDynamics

Engemon inicia obras no Hospital Municipal de Parelheiros
Crédito: Fernando Pereira / SECOM-SP
Projetado para atender 200 mil pessoas, o Hospital Municipal de Parelheiros está localizado na Zona Sul de São Paulo, em um terreno de 110 mil metros quadrados. Com 34 mil metros de área construída, a entidade terá espaço para 255 novos leitos, dos quais 38 são obstetrícias, 31 unidades de terapia intensiva (UTI), neonatal, infantil e adulto, 9 leitos para ginecologia, 11 salas cirúrgicas, além de leitos psiquiátricos com área de deambulação ao ar livre. Em uma mesma estrutura, haverá um hospital escola e um centro de apoio diagnóstico que oferecerá exames como mamografia, endoscopia, raio X, tomografia, ultrassom e ressonância magnética.
 
O projeto conta com o apoio da Engemon, empresa brasileira especializada em engenharia civil e elétrica e sistemas especiais, que atua em todo o território nacional no planejamento e implantação de soluções para projetos de infraestrutura, construção de data center, sistemas de automação e gerenciamento e soluções integradas.
 
Considerado o melhor projeto na categoria Saúde em 2015, o Hospital foi projetado por diversas empresas especialistas em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde e com a Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB). O terreno é beneficiado por uma vegetação nativa que ocupa 50% de sua área – daí a preocupação em conservar o espaço e integrar a natureza ao projeto. Outra premissa foi reduzir o impacto ambiental do Hospital. Foram previstas para o edifício placas solares para aquecimento de água, economizando energia elétrica, além de reservatórios para captação de água da chuva, que será utilizada para irrigação da área externa e nas bacias sanitárias, junto com diversos equipamentos de redução de consumo (válvulas, luminárias etc.).
 
A edificação contará com um sistema de automação predial que possibilitará o monitoramento e controle dos vários subsistemas, visando o uso racional de energia, água e climatização. O prédio terá acessibilidade universal e contará com estacionamento, bicicletário e brinquedoteca.
 
“O projeto atende a todas as exigências e normas ABNT, RDC-50, NR-10, entre outras, respeitando todas as solicitações de segurança para o pleno funcionamento do hospital”, afirma Josi Nascimento, gerente de obras da Engemon.
 
Na obra, que ainda se encontra em andamento, está sendo instalada toda a infraestrutura para receber os sistemas para segurança do hospital. “Projetamos a instalação do Circuito Fechado de TV (CFTV), que tem como objetivo fornecer os recursos visuais para o controle da segurança de todo o hospital por meio de câmeras em locais estratégicos”, detalha.
 
Já o sistema de automação e supervisão predial, será aplicado para integrar as diversas facilidades projetadas no empreendimento, como gerenciamento e monitoramento centralizado, softwares operacionais de operação e controle das unidades prediais e do sistema de ar condicionado. Segundo a gerente da obra, a previsão é que o projeto seja entregue em outubro deste ano.
 

CONECTAR-SE COM DCD

ENTRAR


Esqueci a senha?

Criar conta MyDCD

Você precisa de profissionais qualificados?

regiões

region LATAM y España North America Europe Em Português Middle East Africa Asia Pacific

Whitepapers Ver Todos