PTI e Copel desenvolvem projetos com foco no armazenamento de energia

Published on 7th August 2017 by Tatiane Aquim

Dois sistemas de armazenamento de energia serão desenvolvidos pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI) em parceria com a Companhia Paranaense de Energia (Copel): um com baterias residenciais de sódio-níquel e outro destinado ao abastecimento de veículos elétricos. Na quarta e quinta-feira (02 e 03), os gestores dos projetos da Copel Distribuição fizeram uma visita ao PTI, seguida por uma reunião de alinhamento sobre as propostas. 
 
A visita marcou o início de dois projetos de pesquisa e desenvolvimento, que serão executados pelo PTI em parceria com a Copel Distribuição S.A. e Copel Geração e Transmissão S.A. Os contratos para execução foram assinados em julho de 2017, sendo originários de propostas de projetos submetidas pelo PTI em edital público, promovido pela Copel, relacionado à chamada estratégica de projeto de pesquisa e desenvolvimento, lançada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em 2016, na área de armazenamento de energia. 
 
A chamada visava a proposição de sistemas de armazenamento de energia de uma forma integrada e sustentável, buscando a criação de condições para o desenvolvimento de bases tecnológicas e infraestruturas de produção nacional. Os dois projetos estão sendo executados no PTI, por meio do Laboratório de Baterias e o Laboratório de Automação e Simulação de Sistemas Elétricos (Lasse).
 
Um dos projetos prevê o desenvolvimento de sistema de armazenamento padrão de energia com baterias residenciais de sódio-níquel. O segundo projeto é de um sistema nacional de armazenamento e gestão energética para eletroposto bidirecional. As iniciativas terão duração de quatro anos. “É uma oportunidade do PTI se aproximar do setor elétrico e de desenvolver projetos em tema tão estratégico para o país”, pontuou a gestora do Laboratório de Baterias, Ana Carolina Sala Moreno.
 
Os engenheiros eletricistas da Copel e gestores dos projetos, Zeno Luiz Iensen Nadal e Márcio Biehl Hamerschmidt, foram levados para conhecer algumas ações do Parque, que também atua sobre o tema de desenvolvimento de fontes de energia sustentáveis. Em seguida, se reuniram com as equipes dos laboratórios que irão atuar no trabalho e acompanhamento dos projetos para definir as próximas etapas a serem executadas. “Além de evoluir o atendimento às necessidades propostas pela Aneel, estamos estreitando o relacionamento entre a Copel e o PTI”, avaliou Nadal.
 
 
 

CONECTAR-SE COM DCD

ENTRAR


Esqueci a senha?

Criar conta MyDCD

Você precisa de profissionais qualificados?

regiões

region LATAM y España North America Europe Em Português Middle East Africa Asia Pacific

Blogger

Whitepapers Ver Todos